A maioria dos apreciadores de vinhos já deve ter ouvido falar dos supostos benefícios de amadurecer vinhos no fundo do mar, um procedimento que já foi adotado por algumas vinícolas de diversas partes do mundo. Mas e uma “vinícola” inteiramente submarina? Pode parecer loucura, mas ela existe!

Essa peculiar vinícola chama-se Edivo Vina e está situada na Croácia, no litoral da pequenina Drače, no Mar Adriático. Os vinhos produzidos por ela vem de vinhas plantadas nas encostas ensolaradas da Península de Pelješac. 

Depois de engarrafados e passar um um breve descanso, os vinhos são alojados dentro de ânforas de terracota inspiradas nos modelos usados em tempos remotos por gregos e romanos.

Acondicionados dentro dessas ânforas e protegidos por uma espécie de gaiola metálica, as três versões de vinhos elaborados pela Edivo Vina são submergidas numa profundidade que varia de 18 a 25 metros, onde permanecem por um período entre 12 e 24 meses.

Segundo os proprietários da vinícola, essa “guarda” submarina oferece condições ideais de temperatura e estabilidade para o perfeito amadurecimento desses vinhos.

A aposta na qualidade dos vinhos é alta, já que o Navis Mysterium Amphora, vinho “top” da vinícola, chega a custa mais de R$1.000 nos restaurantes onde ele pode ser encontrado.

Fonte: blogs.gazetaonline.com.br